Pequenos detalhes: Monique Lhuillier Bride Barbie Doll

     Tradições muitas vezes são celebradas com festas. Por muito tempo, maio foi considerado o mês das noivas. Há diversas teorias que tentam explicar como essa data se consagrou como o mês para se realizar uma união. Alguns dizem que a tradição se firmou nos países do hemisfério norte, onde a primavera ocorre nesta época do ano. Como as flores são associadas à feminilidade, esta estação era a mais propícia para se celebrar o amor.

     Há uma outra teoria que afirma que a escolha deste mês para as noivas se deu por conta da influência da igreja católica na idade média, já que maio está ligado a consagração de Maria, mãe de Jesus, fato que também gerou a escolha do segundo domingo do mês para celebrar o dia das mães.

     Por último, há também uma hipótese (mais absurda)  que explica a escolha devido ao mês marcar o primeiro banho do ano na idade média, já que os meses anteriores eram demasiadamente frios para que as pessoas pudessem se lavar, por isso aproveitavam que já estavam limpos e perfumados para selar a união e não espantar o parceiro/a na noite de núpcias! As mulheres se banhavam com flores e aproveitavam para carregar um ramo junto ao corpo, o que acabou virando a tradição do bouquet.

     Mesmo que a tradição venha perdendo força por diversos motivos nos últimos anos, ou por não ser tão forte aqui em nosso país, aproveito a ocasião para apresentar uma das noivas que mais gosto: Monique Lhuillier Bride Barbie Doll. Curiosamente, das noivas em corpo ModelMuse com versões Gold Label e Platinum Label (clique aqui para ver esta versão), essa é a única que apresentou um diferencial além da cor dos cabelos: o laço da cintura. Enquanto o de uma é marrom, o da versão mais limitada é azul.

     Por algum tempo tive interesse em adquirir a boneca Platinum, mas não tive uma boa oportunidade ($$$). Também não encontrava boas fotos da versão Gold, mas  pelo pouco que via achava a boneca bem interessante. A ocasião fez o comprador, e quando recebi a boneca achei ela surpreendentemente mais bonita do que nas fotos, inclusive mais bonita que o protótipo do Barbie Collector. A minha está linda e perfumada e pronta para ser mostrada aqui no Pequenos detalhes de hoje.

Monique Lhuillier Bride Barbie Doll

Lançada no dia 1 de junho de 2006, a boneca foi assinada pela designer Sharon Zuckerman, responsável por belas bonecas durante o período em que esteve na Mattel.

Monique Lhuillier Bride Barbie Doll

O molde Mackie foi o escolhido para a segunda noiva com corpo ModelMuse.

 

Monique Lhuillier Bride Barbie Doll

Maquiagem bem suave e olhos bem desenhados.

Continuar lendo

Anúncios

Mattel/Barbie é democrática com as bonecas negras?

Olá pessoal. Hoje meu post é para pensarmos e discutirmos juntos uma questão que talvez incomode muitos colecionadores: se a fabricante da Barbie é ou não democrática na produção de suas bonecas negras.

Já vi alguns colecionadores alegando que a quantidade de bonecas negras produzidas em relação as loiras são bem menores que chega a ser ridículo; outros reclamam que as versões que chegam no Brasil são somente as loiras. Pensado nessas questões que resolvi criar esse post e trazer algumas fotos e questões para debatermos. Só ressaltando que as imagens apresentadas/analisadas são de bonecas com o corpo ModelMuse, não me refiro a outros tipos de coleção, e de bonecas que vestem a mesma roupa, quando é produzida mais de uma versão. Comecemos com uma retrospectiva:

  • 2004 – A coleção ModelMuse começou com cinco bonecas e apenas uma negra, Nichelle, já apresentando um novo molde de rosto. Nesse sentido, a fabricante começou bem, tanto pelo molde, quanto pela originalidade na roupa da boneca.
  • 2005 – Das nove bonecas produzidas, nenhuma negra. Ponto negativo para a empresa.
  • 2006 – Das doze bonecas produzidas, uma negra (On Location Milan) e uma afro descendente (Byron Lars Sugar). Aqui o ponto positivo foi pela inclusão de uma boneca criada por um grande estilista e uma coleção de bonecas negras.
  • 2007 – A partir de 2007  talvez a coisa começa a se “democratizar”. Vejamos a imagem abaixo:
K8667

Em cima, da esquerda para a direita (produzidas em 2007): 2007 The most collectible doll (de azul, ambas as versões) e Go red for woman  (de vermelho, ambas as versões). Em baixo, da esquerda para a direita (produzidas em 2009): Pottery Barn Kids  (de pijama, ambas as versões) e 50th Anniversary doll  (de dourado, ambas as versões). (Fotos: Barbie Collector)

Continuar lendo

Pequenos detalhes: Vera Wang Bride The Traditionalist

Poucas foram as noivas ModelMuse lançadas pela Mattel nos últimos 8 anos. Dentre elas estão Carolina Herrera (2005), Monique Lhuillier (2006), Reem Acra (2007) e Vera Wang The Romanticist (2008), todas com suas versões Gold e Platinum Label. Infelizmente nos anos de 2004, 2009 e 2010 nenhuma noiva foi lançada. Em 2011 a Mattel  lançou uma outra boneca assinada pela estilista Vera Wang, a The Traditionalist. A boneca se difere de todas as outras noivas lançadas por não ter uma versão Platinum Label, apenas uma com selo Gold Label, e limitada a 2.500 bonecas no mundo todo.

Na época de seu lançamento não fiquei entusiasmado com a boneca, mas aos poucos meu olhar foi mudando e passei a deseja-la. Ela seria item indispensável na minha coleção. Hoje a nova modelo chegou em minha casa, e superou minhas expectativas, principalmente por um detalhe que eu não sabia e vou compartilhar com vocês. Acompanhem as fotos da boneca.

Molde de rosto Aphrodite/ Kentucky Derby utilizado na Vera Wang Bride The Traditionalist

A boneca usa um vestido no estilo Dovima

A maquiagem da boneca é bem suave, como pede o figurino de uma noiva. A pintura dos olhos ficou bem bacana; além do rímel, um delineador realça os cílios pintados. Fiquei feliz porque minha boneca não veio vesga, como tem acontecido com algumas bonecas produzidas na Indonésia ( esta foi fabricada na China). Continuar lendo